Windows 10 terá controles de GPU para aumentar autonomia de notebooks

O Windows 10 parece prestes a receber uma nova função que promete aumentar a autonomia dos notebooks. Disponível em uma nova edição prévia para usuários Insiders, uma nova configuração permite que o usuário escolha quais aplicativos usarão a placa de vídeo ou não, melhorando a customização de performance do aparelho e, consequentemente, sua vida útil a cada carga.

A ideia da Microsoft é que os usuários possam personalizar o uso do equipamento de acordo com suas necessidades cotidianas, entregando o melhor equilíbrio entre poder de processamento e autonomia. A nova configuração dá acesso rápido aos softwares que estão causando maior consumo de energia e permite que o uso da GPU seja desabilitado não apenas para eles, mas para todos os outros aplicativos instalados no computador.

A lista, também, serve apenas como uma indicação preliminar, com a Microsoft disponibilizando um campo de busca e filtros para que qualquer software instalado possa ser localizado. Assim, também, as customizações acabam facilitadas caso a caso, com o usuário podendo rapidamente ligar ou desligar a GPU caso precise de mais ou menos performance em um determinado momento.


Podcast Porta 101: a equipe do Canaltech discute quinzenalmente assuntos relevantes, curiosos, e muitas vezes polêmicos, relacionados ao mundo da tecnologia, internet e inovação. Não deixe de acompanhar.

Tais comandos, na versão final do Windows 10, são feitos de forma generalizada, com o usuário podendo escolher perfis de performance e economia de energia de acordo com a necessidade. As configurações das próprias placas de vídeo também permitem mexer no uso delas para diferentes atividades, com a nova solução da Microsoft simplificando o processo e o tornando mais fácil, além de funcional.

Na mesma versão prévia do Windows 10, os usuários têm também uma versão repaginada do aplicativo de calendário, com direito a temas que modificam sua aparência e opções que facilitam a inclusão de eventos e o compartilhamento de atividades. Além disso, elementos da interface foram reorganizados para que os compromissos tivessem o maior espaço possível na tela.

Como dito, as novidades fazem parte de uma edição preliminar do sistema operacional, que está disponível para usuários cadastrados no programa Insider. As novidades já são funcionais, o que indica que elas podem estar mais próximas de uma disponibilização geral, mas uma data para isso ainda não foi marcada.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

  • Pálido Ponto Azul: NASA remasteriza icônica foto da Terra vista a 6 bi de km
  • O PREÇO CAIU! Xiaomi Redmi Note 8, Note 8 Pro e Mi 9 Lite a partir de R$ 909
  • Coronavírus | Avanços nas descobertas podem auxiliar na criação de vacina
  • 62% dos brasileiros não sabem reconhecer fake news, diz pesquisa
  • Desafio da rasteira: a brincadeira que pode levar à morte
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios