Voluntários de Iaçu tem problemas de saúde depois do mutirão de limpeza do Rio Paraguaçu

Desde a segunda-feira até o dia 24, vários voluntários contraíram enfermidades ao realizarem o mutirão de limpeza do leito do rio

O voluntário Nuno e várias outras pessoas tiverem que ser hospitalizados.

Vários voluntários que se aventuraram ao contato direto com as águas do Rio Paraguaçu, nos dias da limpeza e retirada das baronesas do leito do rio, foram acometidos por vários sintomas de mal estar, desde dores de cabeça, diarreia, indisposição e “quebranto”. Desde a segunda-feira até o dia 24 desta semana, dezenas de voluntários da cidade de Iaçu realizam o mutirão de limpeza das águas do Rio Paraguaçu, de onde já retiraram mais de 16 toneladas de baronesas, a planta aquática que se reproduz com intensa rapidez sobre  rios poluídos. Os voluntários que integram o Movimento Paraguaçu Pede Socorro, reconhecem que a cidade de Iaçu é uma das que mais polui o rio, ao lançar todos os esgotos urbanos , dejetos e muita sujeira dentro das suas águas.

Mau estar coletivo

Sem botas, luvas ou equipamentos de proteção os voluntários ficaram expostos.

Durante reunião realizada na noite desta quinta-feira, 25, alguns voluntários confessaram mau estar, tendo se retirado do evento que definiu novas estratégias de trabalho em favor do rio. Muitos confessaram indisposição e até crises de diarreia. Uma das vitima, o voluntário Nuno, chegou a ser hospitalizado, “onde fui medicado com duas injeções e adição de um litro de soro”, conforme confessou no grupo de voluntários no WatsApp. Por sua vez o voluntario Ivan, também se queixou de problemas de saúde, além de muitas outras pessoas.

As mulheres também colaboraram e ficaram expostas a contágios.

A Ong Fundação Paraguaçu, sediada em Itaberaba, que também está envolvida no mutirão de limpeza do rio, encaminhou hoje, oficio à 9ª Dires de Itaberaba e à Secretaria de Saúde do Estado, apresentando o problema e solicitando providências urgentes em apoio aos voluntários que sofrem sintomas de saúde advindos daquela atividade ambiental.

Os voluntários retiravam com as próprias mãos as poluídas baronesas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios