Shows com Devinho Novais e Tierry acabam em tumulto e pancadaria na AABB de Itaberaba – Jornal Oparaguaçu Itaberaba
FlashItaberabaNotícias da Chapada Diamantina

Shows com Devinho Novais e Tierry acabam em tumulto e pancadaria na AABB de Itaberaba

O espetáculo “Verão Vip” foi bom de público com quatro atrações regionais: Fabricity, Milord, Devinho Novais e Tierry

Muita zueira e brigas ao final dos espetáculos.

O mega espetáculo musical ofertado pelo esperado “Verão Vip”, que concentrou no último domingo, 18, jovens cantores que são sucessos da musica regional, terminou em brigas e pancadaria a ponto do cantor baiano, Tierry, o último a entrar no palco, encerrar seu espetáculo assim que começou a cantar. “Se continuar com essas brigas vou encerrar meu show”, alertou o cantor das baladas em ritmo de chorência. Retomou o espetáculo, mas as brigas pipocaram em meio à galera, por volta das 23h40, provocando a saída do cantor, que encerrou o show na oitava musica.

O público superlotou Área Vip e galerias da ABB.

A área de estacionamento da AABB esteve superlotada de muitas animadas fãs, os bons foliões, fanfarrões e também baderneiros, iniciando os espetáculos às 15h00 com o show arrocha de Fabricity. A festança seguiu com cantor revelação de sofrências, Milord, já adentrando a noite, até os espetáculos finais de Devinho Novais e Tierry, quando o público já se encontrava altamente excitado pela cervejada, coquetéis estimulantes e balalaykas. Era o chama que faltava para o pau quebrar. Só a Área Vip da festa escapou da confusão, apesar de secar barris de cerveja.

Os espetáculos foram bons, mas muitos arruaceiros bagunçaram o final da festa.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *