Sem prefeitura e sem local de trabalho, prefeito despacha em qualquer lugar em Milagres

A sede da prefeitura que serviu ao município durante mais de 10 anos foi lacrada por Galego.
A sede da prefeitura que serviu ao município durante mais de 10 anos foi lacrada ilegalmente por Galego.

O Novo Ano politico de 2017 em Milagres tem sido o mais diferente do Brasil afora. Não há nenhum município que se compare com a situação inusitada vivenciada pelo prefeito Cézar Rotondano Machado, o popular César de Adério (que é seu pai e já foi prefeito da cidade). Empossado no dia no dia 1º, Cézar não recebeu as chaves da prefeitura e não contou com a transmissão do cargo por nenhum representante da administração. Ele foi empossado pela Câmara de Vereadores  por força da diplomação outorgada pela Justiça Eleitoral.

Nesta segunda-feira, dia 2, o jovem prefeito não teve gabinete para despachar, nem local  oficial de trabalho e reuniões, pois a prefeitura foi lacrada pelo ex-prefeito derrotado Raimundo Silva Galego (PSD), que se apropriou do imóvel, lacrou com chapas de zinco todas as portas e janelas, retendo as chaves, móveis e equipamentos adquiridos pelo município, na sua gestão anterior, alegando ser tudo de sua propriedade. Companhia Miliatar

O anexo da prefeitura que abriga a 3ª Companhia de Polícia Militar foi também declarada pelo derrotado Galego como sua propriedade particular.
O anexo da prefeitura que abriga a 3ª Companhia de Polícia Militar foi também declarada pelo derrotado Galego como sua propriedade particular.

O perigoso Galego, que, além de derrotado por Cézar de Adério, após um império de 24 anos de dominação política do município, foi condenado no ano passado pela justiça, a 2,5 anos de prisão por corrupção.  Comenta-se em toda a cidade que, por vingança, o corrupto ex-prefeito derrotado levou consigo todos os computadores da administração, negou informações básicas na fase de transição, sucateou a frota de veículos municipais, desmontou os serviços de saúde e apropriou-se de vários imóveis onde funcionavam posto de saúde, restaurante popular além de lacrar a prefeitura.

Nova prefeitura em 60 dias

Apesar dos percalços que vem enfrentando, ao encontrar tamanho caos administrativo, Cézar arregaça as mangas com otimismo, prometendo levantar a cidade das cinzas e da iniquidade deixadas por Galego. “Vamos construir uma prefeitura nova para o povo no prazo de 60 dias”, afirmou hoje, dia 3, ao constatar que as instalações da biblioteca municipal pertencem inteiramente ao município.

“Aqui no imóvel da biblioteca vamos instalar o Gabinete e as demais secretarias, com as obras de reforma e ampliação que vamos iniciar imediatamente. Em 60 dias o povo em festa vai inaugurar a nova prefeitura da cidade, um patrimônio da nossa cidadania milagrense que ninguém tomará”, garantiu o prefeito Cézar com sua peculiar determinação.

Lavagem da cidade

O povo foi as ruas na lavagem da cidade.
O povo foi as ruas na lavagem da cidade.
Garis lavaram as sujeiras do corrupto Galego.
Garis lavaram as sujeiras do corrupto Galego.

Nesta terça-feira, 3, os novos secretários e populares acompanharam os garis, que saíram pelas ruas varrendo e lavando praças e avenidas, promovendo verdadeira “lavagem da cidade“. O prefeito Cézar de Adério afirmou que este é um ato simbólico que demonstra a disposição da sua administração em varrer para sempre “a corrução e sujeira deixadas pelo corrupto Galego”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios