Satélite russo explode no espaço

Um satélite militar russo desapareceu de órbita em dezembro e um especialista norte-americano acredita que ele possa ter explodido. O satélite foi lançado em dezembro de 2013 como “carga não declarada” a bordo um lançador Rokot, junto com outros três satélites militares, e posteriormente recebeu a designação Kosmos-2491.

Sua missão, nunca detalhada, aparentemente se encerrou em 2014 e o Kosmos-2491 permaneceu em silêncio desde então. Mas às 10:21 do dia 23 de dezembro de 2019 ele fez uma manobra súbita, acelerando a 1,5 m/s, e então desapareceu dos radares. Em seu lugar, dez novos objetos classificados como “lixo espacial” foram encontrados.

Analistas norte-americanos acreditam que se tratava de um “satélite assassino”, projetado para espionar, ou destruir, outros veículos em órbita. Entretanto, a alegação foi negada por Oleg Ostapenko, diretor do programa espacial russo, durante uma coletiva de imprensa em 2014.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios