Redemoinho destrói parte do painel fotovoltaico do Parque Eólico em Brotas de Macaúbas

Redemoinho ameaçou destruir as placas fotovoltaicas da Usina Eólica de Brotas de Macaúbas.

Um forte redemoinho na manhã desta terça-feira, 14, sacudiu a área da Usina fotovoltaica do Parque de Energia Eólica no município de Brotas de Macaúbas, surpreendendo os operários da Desenvix, causando fortes estragos nos grandes painéis solares. Operários gravaram um vídeo no exato momento em que a coluna de vento e poeira do redemoinho percorreu a área em meio às placas fotovoltaicas, causando intenso barulho, arrancando placas solares e provocando apreensões nos trabalhadores. As imagens apresentam uma coluna de ventos e poeira parecida com um pequeno furacão.

Grandes painéis armazenam energia solar no Parque Eólico de Brotas de Macaúbas.

O parque eólico de Brotas de Macaúbas foi implantado pela Desenvix Energias Renováveis S.A, com 95 MW de capacidade instalada, considerada energia suficiente para abastecer uma cidade com até 350 mil habitantes.  O empreendimento foi realizado com um investimento da ordem de R$ 425 milhões.
O  Parque Eólico de Brotas de Macaúbas  é formado por três usinas eólicas EOL Macaúbas, EOL Seabra e EOL Novo Horizonte. Juntas, elas possuem 57 turbinas  em operação.

Representantes da empresa não souberam informar as dimensões nem os custos dos prejuízos causados pelo redemoinho. Conforme o engenheiro Geraldo Lordelo, técnico  da SEMA que recebeu um vídeo do incidente, o redemoinho pode concentrar  ventos com velocidade aproximada de 80km por hora, sendo capazes de causar grandes estragos.

Assista ao vídeo que registra o exato momento do ameaçador redemoinho.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios