Quem fundou o Google? Confira esta e outras curiosidades sobre a empresa

Dificilmente você vai conhecer alguma pessoa que nunca ouviu falar no Google, seja o próprio mecanismo de busca ou quaisquer outros serviços que pertencem à companhia de mesmo nome. Se você, usuário fiel, já se perguntou qual é a história por trás do nome Google, quem foi o responsável por fundar a empresa, entre outras coisas do tipo, está no lugar certo. A seguir, saiba quem fundou o Google, como o processo de desenvolvimento do site ocorreu, entre outros detalhes da história do mecanismo de pesquisa que evoluiu a ponto de criar uma das empresas mais famosas do mundo. Quem fundou o Google? A pergunta “Quem fundou o Google” é frequentemente pesquisada, uma vez que todos parecem ter curiosidade sobre quem e o que possibilitou o processo de criação do maior site de buscas da história da web. -Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.- Inicialmente, o site de pesquisas surgiu como um projeto de dois doutorandos da Universidade de Stanford, Larry Page e Sergey Brin, que tinham como objetivo analisar as propriedades matemáticas da Internet. Na época, mecanismos de pesquisa famosos como o Yahoo! funcionavam através de bancos de dados manuais, classificando os domínios de acordo com o volume de buscas de um termo e resultados com possíveis respostas ao que estava sendo pesquisado. Não satisfeitos com o modo como esses mecanismos atuavam, Page e Brin decidiram criar um motor de busca que podia analisar, além do volume de buscas, as relações dos usuários com cada página visitada, a quantidade de buscas e a qualidade dos links que apareciam nas primeiras páginas. A partir desse projeto, os fundadores do Google puderam investir em um mecanismo mais inteligente, que tornava a própria experiência da pesquisa mais otimizada para que tudo estivesse de acordo com a necessidade dos usuários. Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google (Foto: Divulgação)Mais sobre a história do Google Inicialmente, o nome dado ao projeto dos fundadores do Google era “BackRub”. Rapidamente, ele se tornou o Google, sendo que este nome surgiu através do termo Googol, que serve para ilustrar valores muito grandes (correspondentes ao grande número de páginas exibidas pelo site a cada pesquisa). Brin e Page não sabiam como pronunciá-lo corretamente e, por isso, a grafia acabou se tornando a que conhecemos hoje. O site foi ao ar em janeiro de 1996, com uma interface comum à época. Inicialmente, ele rodava somente nos servidores da Universidade de Stanford. No entanto, pouco tempo depois, os fundadores do Google perceberam que o projeto poderia se tornar algo mais concreto e rentável. No dia 15 de setembro de 1997, o nome foi oficialmente registrado e, em 4 de setembro de 1998, o serviço, já distribuído para outros servidores, iniciou suas atividades. Primeiro layout do Google nos anos 1990 (Imagem: Reprodução/Internet Archive)Início do Google enquanto empresa A distribuição após a fundação do Google culminou na abertura de uma empresa de mesmo nome que, no início de sua trajetória, ficava localizada em uma garagem na Califórnia, cuja dona era Susan Wojcicki, amiga de Brin e Page. O primeiro funcionário do Google enquanto empresa foi Craig Silverstein, amigo dos fundadores e também um doutorando em Stanford. Silverstein ficou na empresa por muitos anos, até 2012, quando saiu para se juntar ao time responsável pelo funcionamento da Khan Academy, plataforma online de estudos. A dona da garagem, Wojcicki, também se juntou ao time dos fundadores, porém só em 1999, quando se tornou a primeira gerente de marketing da empresa. Caso você já tenha ouvido falar no nome dela, mas não se lembra de onde, não é para menos: Wojcicki é CEO do YouTube desde 2014. A partir de 1998, o projeto Google começou a receber inúmeros investimentos. O primeiro grande investidor, Andy Bechtolsheim, investiu nada menos do que US$ 100 mil. Em 2004, a empresa pôde abrir seu capital na bolsa de valores, iniciando venda de ações. Susan Wojcicki, CEO do Youtube (Foto: TechCrunch/Flickr)Google no Brasil O site chegou oficialmente ao Brasil no início dos anos 2000, quando o domínio google.com.br pôde ser registrado. Nessa época, a sede que administrava o site era localizada nos Estados Unidos. Somente quatro anos depois o Google Brasil foi registrado com um CNPJ. Em 2005, o primeiro escritório brasileiro do Google foi construído em Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais, e este foi o primeiro escritório da empresa fora dos Estados Unidos. Logo depois, o escritório em São Paulo foi aberto. Esta sede é, até hoje, a principal do Brasil. Sede do Google em Belo Horizonte (Foto: Reprodução/Youtube)O que os fundadores do Google fazem atualmente Larry Page Nos dias de hoje, Larry Page é CEO da Alphabet Inc., a holding responsável por abrigar o Google e outras subsidiárias muito importantes, como a Fiber (operadora de Internet) e a Nest, empresa que fabrica dispositivos inteligentes da Internet das Coisas. Além disso, a Alphabet Inc. abriga a X, antiga Google X, voltada para a área de Inteligência Artificial e Neurociência (foi ela, inclusive, que nos apresentou o Google Glass). Incrível, não é mesmo? Larry Page (Foto: Carlos Alvarez/Getty Images)Sergey Brin Já Brin, co-fundador do Google, é presidente da Alphabet, ainda atuando junto de seu antigo amigo e parceiro de projetos. Ele foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento do Google Glass e também dos carros autônomos que pertencem à empresa. Durante o processo de criação do Google, Brin foi responsável por desenvolver o layout da página inicial do site. Sergey Brin (Foto: Justin Sullivan/Getty Images)Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: “Caneta Azul, Azul Caneta” | Como um vídeo sem graça virou meme em poucos dias Novo golpe no Nubank usa e-mail para roubar dados dos clientes Samsung lança Galaxy S10 5G à estratosfera mas aparelho acaba caindo em fazenda Colisão entre galáxias forma rosto fantasmagórico no meio do universo Vai fazer Enem? Até a Gretchen está ajudando em aulas no YouTube

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios