Primeiro chefe de diversidade da Uber deixa a empresa

O primeiro chefe de diversidade da Uber, Bernard Coleman, acaba de deixar a companhia, segundo informações obtidas pelo site Tech Crunch.

Em nota ao site, um porta-voz da Uber contou que as contribuições do executivo ao longo dos últimos anos ajudaram a companhia a se tornar ainda mais inclusiva, e que desejam o melhor para ele daqui para frente. O último dia de trabalho de Coleman foi em 17 de janeiro, uma sexta-feira.

Agora, o trabalho de Coleman será na startup de folha de pagamentos chamada Gusto, onde irá liderar a equipe de engajamento de funcionários dentro da organização de operação de pessoas. Em resposta ao Tech Crunch, o executivo contou que não estava buscando por um novo trabalho, mas que a oportunidade foi interessante para a sua carreira. “É o lugar no qual eu queria ir, mas que eu ainda não sabia”, contou.


Podcast Canaltech: de segunda a sexta-feira, você escuta as principais manchetes e comentários sobre os acontecimentos tecnológicos no Brasil e no mundo. Links aqui: https://canaltech.com.br/360/

  • Chefe de RH da Uber renuncia após escândalos de discriminação racial
Bernard Coleman (Imagem: Reprodução/Tech Crunch)

A Gusto conta ainda com Danielle Brown na equipe, ex-diretora de diversidade do Google, que entrou na empresa em abril de 2019 e que será uma boa companhia a Coleman. O novo funcionário da empresa contou ainda que o que o atraiu na Gusto foi o desejo de poder beneficiar as pessoas, visto que já trabalhou em campanhas de atendimento a populações carentes em iniciativas de diversidade e recursos humanos.

“Ter essa oportunidade de servi-los e de fazer certo tem um alinhamento pessoal para mim”, disse o executivo, contando ainda que ter Danielle na empresa foi um grande incentivo. “Eu sempre quis trabalhar com ela e estou animado por ter essa oportunidade”, completou.

Bernard Coleman entrou na Uber em janeiro de 2017, aproximadamente um ano antes da escritora e engenheira de software Susan Fowler publicar um documento apontando problemas relacionados a assédio sexual, entre outras questões, em ambientes de trabalho, como no da Uber. Não demorou para que Coleman publicasse o seu primeiro relatório de diversidade.

  • Uber contrata a primeira executiva de diversidade após ano de denúncias
Bo Young Lee, atual chefe de diversidade da Uber (Imagem: Reprodução)

No último ano, o cargo de Coleman mudou de chefe de diversidade para chefe de engajamento inclusivo, fazendo com que a Uber contratasse Bo Young Lee para substitui-lo.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

  • Pálido Ponto Azul: NASA remasteriza icônica foto da Terra vista a 6 bi de km
  • O PREÇO CAIU! Xiaomi Redmi Note 8, Note 8 Pro e Mi 9 Lite a partir de R$ 909
  • Coronavírus | Avanços nas descobertas podem auxiliar na criação de vacina
  • 62% dos brasileiros não sabem reconhecer fake news, diz pesquisa
  • Desafio da rasteira: a brincadeira que pode levar à morte
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios