Prefeitura forma parcerias pela criação do campus da UFBA em Lençóis

Blandina Viana, Moema Maciel, Dora Leal, Alice Portugal, Renato Jorge e Rodrigo Maciel, durante a reunião pelo campus da UFBA em Lençóis.
Blandina Viana, Moema Maciel, Dora Leal, Alice Portugal, Renato Jorge e Rodrigo Maciel, durante a reunião pelo campus da UFBA em Lençóis.

Em audiência realizada na manhã desta  segunda-feira (29), a reitora da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Dora Rosa Leal, discutiu com a deputada federal Alice Portugal (PCdoB), a prefeita de Lençóis, Moema Maciel (PSD), a pró-reitora de Extensão, Blandina Viana,  e o coordenador geral da Assufba Sindicato, Renato Jorge, a possibilidade de criação de um campus da instituição em Lençóis.

Relatório apresentado por Blandina Viana apontou que, atualmente, já estão em desenvolvimento no município chapadense atividades de pesquisa e extensão de cinco unidades da Ufba.  “O campus da universidade  em Lençóis teria sua figura institucional em um Instituto multidisciplinar vocacionado ao ensino, à pesquisa e à extensão e que tenha como foco principal o conjunto do patrimônio ambiental e cultural da Chapada Diamantina”, disse a professora.

A reitora  destacou que já existe no  Plano de Desenvolvimento Institucional  (PDI) da Ufba menção a esse respeito, mas que a matéria ainda deveria entrar em  pauta de votação do Conselho Universitário (Consuni).  Dora Leal  citou o fato de que o o governo federal suspendeu  temporariamente a criação de novas universidades federais, mas que uma universidade teria  autonomia para criar um campus dessa natureza.

 Compromisso

Durante a audiência, a prefeita Moema entregou à reitora documento em que se compromete a fornecer o terreno para implantação do campus.  “A implantação do campus da Ufba em Lençóis conta com total apoio da prefeitura e do empresariado local”, assegurou Moema Maciel. Segundo ela, o espaço em que funcionaria o campus será doado pelo empresário  Dionísio Martins e situa-se no distrito de Octaviano Alves, vizinho ao aeroporto de Lençóis.

Para Alice Portugal, a região representa o maior déficit de ensino superior público do Estado. “Um campus da Ufba em Lençóis funcionaria como um berço para a criação da Universidade Federal da Chapada Diamantina (UFCD),  cujo projeto de lei  (4.094/2012), de autoria do deputado Afonso Florence  e relatado por mim, tramita na Câmara dos Deputados”, disse.  Em 24/04, o parecer favorável de Alice ao PL 4.094/12 foi aprovado pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara.

“A ideia é antiga. Passamos 60 anos somente com a Universidade Federal da Bahia. Nos últimos 12 anos, o cenário vem mudando e tivemos a Universidade Federal do Recôncavo Baiano; a Universidade do Sul e a do Extremo Sul  também foram aprovadas e a UFBA implantou células no Sudoeste, como em Vitória da Conquista, e Camaçari, sem falar da Unilab, em São Francisco do Conde. Ficou faltando a Chapada Diamantina”, concluiu a parlamentar, que pretende criar uma frente suprapartidária e intermunicipal para impulsionar o  ensino superior público na região.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios