Prefeitura de Milagres instala 131 cisternas beneficiando centenas de agricultores familiares

A construção das cisternas custou R$363,501,42, tendo a contrapartida da Prefeitura, que cadastrou os beneficiários, além do transporte e alimentação para pedreiros

Moradores agradecidos com o reservatorio de água junto da casa.

Mais uma realização da Prefeitura do município de Milagres, garante a reserva de água potável para mais de quinhentas pessoas da zona rural, com a implantação de 131 cisternas de produção junto às moradias dos agricultores familiares e famílias de trabalhadores. No domingo, 6, durante cerimonia realizada na Escola Municipal do povoado da Gameleira, foi  feita a entrega oficial das cisternas, quando o Prefeito Municipal afirmou: “Sem água ninguém sobrevive nem consegue produzir o sustento de suas famílias, por isso, nossa preocupação como governante é fazer com que a água potável de qualidade possa chegar a todos os lares das famílias milagrenses”.

Os beneficiários lotaram o salão no ato de entrega das cisternas.

A ação realizada através da Secretaria de Assistência social é resultado de um convênio firmado pelo prefeito municipal com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, do governo estadual.

As cisternas com capacidade para armazenar 16.000 litros de água, foram construídas pela ASFAB – Associação de Agricultores Familiares Camponeses da Bahia, cuja obra total custou R$363,501,42. A contrapartida da prefeitura consistiu no cadastramento dos beneficiários, além do transporte e alimentação para pedreiros.

Famílias dos agricultores ficaram agradecidos com a chegada da cisterna em sua casa.

O prefeito  destacou que durante seu mandato a Prefeitura vem dedicando especial atenção ao fornecimento de água para toda a população da zona rural, citando que está em fase de conclusão o sistema que levará água do Rio Paraguaçu para as comunidades rurais de Morrinhos, Duas Irmãs e Lagoa Funda, cuja rede de distribuição vai percorrer 28 quilômetros de extensão.

Muitas famílias rurais poderão, doravante, aproveitar toda água das chuvas.

O prefeito enfatizou que “essas comunidades situadas em regiões muito secas do interior do município, não sofrerão mais dificuldades de acesso a água potável, pois as torneiras vão chegar nas casas, eliminando os transporte através dos carros-pipas”.

Famílias situadas em locais distantes da zona rural receberam uma cisterna para reserevar água potável.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios