PF fecha acordo de delação premiada com Palocci

Ex-ministro de Lula e Dilma foi preso em setembro de 2016 em fase da Operação Lava Jato

Entre as informações dadas por Palocci, está a de que o ex-presidente Lula teria avalizado acordo no qual a Odebrecht se comprometeu a pagar R$ 300 milhões em propinas ao PT (Fonte: http://bahia.ba/politica)

A Polícia Federal no Paraná firmou um acordo de delação premiada com o ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Antônio Pallocci. Preso desde 2016 em razão da Operação Lava Jato, Palocci já havia tentado um acordo com o Ministério Público, previamente recusado.

Entre as informações dadas por Palocci, está a de que o ex-presidente Lula teria avalizado acordo no qual a Odebrecht se comprometeu a pagar R$ 300 milhões em propinas ao PT entre o final do governo do petista e os primeiros anos do governo de sua sucessora.

Palocci foi condenado a 12 anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro, por lavagem dinheiro e corrupção passiva envolvendo contratos com a Odebrecht na construção das sondas da Sete Brasil e o Estaleiro Enseada do Paraguaçu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios