Participante do 40º Congresso de Cardiologia, médico itaberabense retorna afinado com os grandes avanços da medicina

O médico Benelson Guimarães, no saguão do 40º Congresso de Cardiologia.

Na semana dos festejos juninos, a capital paulista sediou o 40º Congresso da Sociedade de Cardiologia, o maior da América Latina, entre os dias 20 a 22 de junho, no Grande Hotel Transamerica, atraindo 8.500 inscritos dentre os quais o cardiologista itaberabense Benelson Alves de Guimarães Carvalho, que acompanhou todos os grandes debates, apresentação de teses e novas tecnologias apresentadas para a preservação da saúde do coração.

No inicio desta semana Doutor Benelson recebeu nossa equipe em seu consultório na Climecar, em Itaberaba/Ba, informando como foi o congresso e a importância de sua atualização para a atendimento à saúde da população de toda região.

“O congresso foi muito proveitoso, ampliando meus conhecimentos para melhor servir aos pacientes que me procuram”, afirma Benelson com sua simplicidade.

Atento às diversas atividades do 40º Congresso, o cardiologista itaberabense passou a discorrer com seu peculiar domínio, temas e teses apresentadas sobre a Dislipidemia, que é elevação de colesterol e triglicerídeos no plasma ou a diminuição dos níveis de HDL que contribuem para a aterosclerose. Lembrando que este é um dos males grande causador do infarto, Benelson disse que o evento apresentou novas formas para tratamento e a prevenção.

Quanto à Hipertensão Arterial, o médico descreve que novas drogas foram apresentadas para tratamento e prevenção. “Esta é uma doença crônica geralmente não causa sintomas, em que a pressão sanguínea nas artérias se encontra constantemente elevada, exigindo permanentes cuidados”.

Benelson informa que novas técnicas apresentadas fortalecem a Cardiologia Nuclear, ao proporcionar novos métodos e tecnologias para diagnóstico das doenças cardiovasculares. O Tratamento das arritmias, principalmente na Fibrilação Atrial, com apresentação de novos anticoagulantes de última geração, proporcionarão aos pacientes o tratamento com evidente redução nos efeitos colaterais.

Outro tema bastante debatido, conta Benelson, foi a prevenção e cuidados da Morte Súbita, tema este considerado um capítulo muito importante na cardiologia mundial.

As discussões e palestras de especialistas mundiais, sobre prevenções do Infarto Agudo do Miocárdio, a Cardiopatia Isquêmica, foram muito recorrentes, por ser um dos maiores causadores de óbitos no mundo moderno. “É uma doença causada por obstrução nas artérias coronárias (vasos que levam sangue para o coração) devido ao acúmulo de placas de colesterol que pode levar ao infarto do miocárdio ou até insuficiência cardíaca”, lembra Benelson com sua larga experiência clinica, lembrando  que o congresso discutiu também a  questão dos diagnósticos através dos Testes Ergométricos, capaz prever a falência do coração, insuficiência coronariana, insuficiência cardíaca.

 

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios