Oposições celam acordo para as eleições em Boa Vista do Tupim

Na varanda do sítio as lideranças se manifestaram.

Na tarde da sexta-feira, 20, várias lideranças das oposições reuniram-se no sítio do aliado Dio, em Boa Vista do Tupim, quando pregaram a união com o objetivo de enfrentar a reeleição do prefeito Helder Lopes Campos Dinho (PSDB), que vem como favorito na disputa eleitoral de 2020. O encontro selou um acordo entre dois adversários, os ex-prefeitos Gidu Trabuco (PT) que foi derrotado por Dinho ao tentar a reeleição, e Hiram Nascimento (PP), que rompeu com o atual prefeito, apesar de realizado dois mandatos graças ao apoio de Helder, que o lançou a prefeito.

A reunião celou uma possível coligação entre os partidos PP/ PT/ PSB/PSD e PCdoB, e atraiu a presença da bancada de oposição, com os vereadores, Lê (PP), Olavo (PC do B) Caboré (PSD) e Neto do MST (PT). Lideranças destacadas também compareceram, a exemplo do advogado Dr. Henrique Coimbra, Doutor Américo, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, João Silva que está se aventurando na política partidaria, os ex vereadores Adauto, Joselane Costa, Maria Helena, Nelinho, Alexandro, Paulo e o dirigente regional do MST, Abraão, além de outras lideranças populares.

Observadores da política local comentaram que “pode juntar todos eles que Dinho vem ai pra derrota-los de novo, pois já fez em 4 anos o que deixaram de fazer em 12”. Nas redes sociais onde circulou informações sobre a reunião, o popular Leonidas citou:
“Hiran responde a centenas de processos de corrupção movido por Gidú, que sempre o chamou de corrupto”. Quem garante a união desses dois? Perguntou.

 

 

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios