Onda de violência exige reforço policial em Boa Vista do Tupim

Picape inspecionada pela Rondesp transportava produtos legais para fins comerciais.
Picape inspecionada pela Rondesp transportava produtos legais para fins comerciais.

No decorrer da semana, chegando na reta final, as agressões verbais, ameaças  e até violência física, tem ocorrido em Boa Vista do Tupim, onde o grupo liderado pelo prefeito Gidu Passos Trabuco, vem cometendo uma série de arbitrariedades e até crimes contra eleitores e famílias inocentes, gerando um clima de medo e intranquilidade para as eleições deste domingo. Informações do candidato a vereador Renildo Vasconcelos (PMDB) revelam que um deficiente físico e uma senhora foram agredidos e ameaçados pelo indivíduo de vulgo “Tota do Sem Teto”, que invadiu a casa desferindo golpes de facão na porta da moradia.

Policiais compareceram ao local evitando maiores danos, porém, conforme o candidato do PMDB, o algoz foi solto portando consigo a arma do crime. Porque essa benevolência?, perguntaram os moradores diante do ocorrido.

Armação do PT é desmascarada                             

O prefeito deu mais uma de “João Gogó” ao montar fotografias e postar no face, uma falsa informação sobre uma picape que foi averiguada pela PM, afirmando transportar produtos para compra de votos. Ocorreu que a inspeção ao veiculo foi acompanhada pela delegada plantonista, Elizane Carvalho Pedrosa, que constatou ser atividade lícita de um comerciante transportando caixas lacradas de produtos diversos para seus negócios.

Diante das denuncias populares sobre suposta distribuição de sextas básicas e material de construção por parte da prefeitura, na reta final da campanha, o promotor público eleitoral Thyego de Oliveira Matos, esteve visitando a cidade na sexta-feira, acompanhado por viaturas da policia especial Rondesp.   A ação do Ministério Público inspecionando os órgãos municipais e alguns locais suspeitos, nada achou de irregular, porém, inibiu as tentativas de compra de votos, onde cabos eleitorais aventuravam-se na distribuição de cestas básicas e dinheiro nas caladas das madrugadas para ludibriar o eleitor.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios