Que vantagens o Moto G8 Plus tem sobre o G7 Plus?

*por Felipe Junqueira A Motorola resolveu encurtar o período de atualização de suas linhas de smartphones e surpreendeu, nesta quinta-feira (24), com o anúncio de dois novos modelos da família Moto G: o G8 Play e o G8 Plus. Um novo lançamento, como sempre, desperta dúvidas no consumidor, que fica sem entender exatamente qual é a diferença entre cada modelo. O Canaltech traz um comparativo simples e bem explicado com as mudanças que o Moto G8 Plus traz em relação ao seu antecessor, o G7 Plus, lançado há oito meses. Veja abaixo cada aspecto técnico, se há alguma mudança importante e o que isso significa. -Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.- Design: fim da “tampa de bueiro” Moto G8 Plus tem a traseira repaginada (Foto: Canaltech)A característica que mais mudou ao mesmo tempo sem mudar muita coisa foi a aparência do aparelho. De frente, um olho destreinado dificilmente vai notar a diferença entre o Moto G8 Plus e seu antecessor. O nome da marca foi removido da borda inferior. Já a parte traseira é toda nova. A “tampa de bueiro”, como ficou conhecida a lombada das câmeras nos smartphones da Motorola dos últimos anos, foi substituída por uma fila horizontal de sensores e o flash. Ficou parecendo um ponto de interrogação de ponta-cabeça, se você olhar bem, com uma das câmeras destacadas acima do restante. Algumas outras características mudaram um pouco, também: o Moto G8 Plus é ligeiramente maior, mais espesso e mais pesado que seu antecessor, com dimensões de 158.4 x 75.8 x 9.1 mm (versus 157 x 75.3 x 8.27 mm do G7 Plus) e pesando 188 gramas, 16 gramas a mais que o modelo do começo do ano. Tela: praticamente a mesma coisa O recorte da câmera frontal está menor no G8 Plus (Foto: Felipe Junqueira)O display do Moto G8 Plus é pouca coisa maior que o de seu antecessor: pulou de 6,24 polegadas para 6,3 polegadas. De resto, tudo permanece o mesmo: painel IPS LCD com um recorte na parte superior central para a câmera frontal e alguns outros sensores, como o de luz e proximidade. Esse recorte, também chamado de notch, foi significativamente reduzido, liberando um pouco de espaço para talvez mais um ícone de notificação na barra de status. Nada drástico para levar alguém a optar pelo modelo mais novo sobre o anterior. Bateria: capacidade aumentada A “tampa de bueiro” do Moto G7 Plus não existe mais (Foto: CanalTech)Um dos pontos que mais foi criticado nos antecessores do Moto G8 Plus era a capacidade da bateria. Com apenas 3.000 mAh, os aparelhos não davam conta do uso cada vez mais intenso que fazemos de nossos celulares no dia a dia. A Motorola finalmente corrigiu esse ponto, e oferece 4.000 mAh no Moto G8 Plus. Claro, há testes a se fazer para sabermos se isso realmente vai aumentar o tempo de uso, mas tudo indica que sim. A fabricante diz apenas que é o suficiente para “acompanhar o seu dia”. Para a recarga, há um quesito em que o Moto G7 Plus fica em vantagem. A Motorola voltou a incluir um carregador Turbo Power de “apenas” 18 watts – era de 27 watts no modelo do começo do ano. Isso significa que a recarga vai ser bem mais lenta no modelo mais novo. Hardware: mais potência? Ganho em hardware não deve ser sentido pela maioria dos usuários do G8 Plus (Foto: Felipe Junqueira)E ainda na parte de dentro, a Motorola incluiu uma nova versão da plataforma da Qualcomm – que inclui, além do processador, outros componentes como chip gráfico e muito mais. O Snapdragon 636 do G7 Plus foi substituído por um Snapdragon 665, que é um pouco mais potente. No uso do dia a dia, você vai sentir pouca diferença. Mesmo em jogos essa melhoria é pouco perceptível, especialmente para quem não liga muito para gráficos incríveis. Quem liga para isso já costuma pegar modelos mais avançados, de qualquer forma. A quantidade de memória RAM é a mesma, de 4 GB, e o espaço interno também, mantidos os 64 GB – lembrando que tem uma reserva para o sistema, então apenas cerca de 50 GB podem ser realmente utilizados para guardar arquivos e instalar aplicativos. Dá para expandir a memória com cartão micro SD de até 512 GB, de qualquer maneira. Câmeras: mais sensores Câmera tripla do G8 Plus tem sensor principal com mais pixels (Foto: Felipe Junqueira)Por fim, o último aspecto, que foi também o grande destaque das mudanças: o conjunto de câmeras ganhou mais sensores, trazendo agora uma lente principal de 48 MP Quad Pixel, ou seja, que transforma quatro pixels em um com melhor definição (e, portanto, as fotos saem com 12 MP de resolução), além de um ultra-wide de ação. Se você conhece o Motorola One Action, já conhece esse conceito. É uma câmera que filma na horizontal quando o celular fica na posição vertical. Isso melhora a estabilidade e, segundo a Motorola, deixa “mais natural” o ato de gravar um vídeo. O sensor principal ainda tem a função Night Vision, para fotos noturnas. Que, junto com a tecnologia Quad Pixel, ajuda a entregar maior claridade às fotografias tiradas em ambientes com baixa luminosidade. O terceiro sensor é aquele de profundidade, que já existia no G7 Plus. Com ele, dá para tirar fotos com o fundo desfocado. Na parte da frente, a câmera de selfies aumentou de 12 MP para 25 megapixels, também com a tecnologia Quad Pixel, que aumenta a sensibilidade à luz e a qualidade de cada pontinho da fotografia, o que deve garantir selfies mais nítidas e detalhadas. Que vantagens o Moto G8 Plus tem sobre o G7 Plus? Moto G8 Plus chega apenas oito meses depois do G7 Plus (Foto: CanalTech)Há bastante melhorias no Moto G8 Plus em relação ao seu antecessor, e o preço de lançamento é mais baixo. Enquanto o Moto G7 Plus chegou ao mercado por R$ 1.899, seu sucessor é lançado por R$ 1.699. Mas é claro que é possível encontrar o modelo do primeiro semestre a preço mais baixo no varejo hoje. Se você está pensando em trocar um modelo do ano passado ou anterior, talvez compense mais investir já no Moto G8 Plus. Afinal, trata-se do melhor Moto G de 2019. Abaixo, você confere o hands-on que o Canaltech já fez sobre o novo aparelho da Motorola:   Leia a matéria no Canaltech. Trending no Canaltech: OS PODEROSOS | Mi 9 Lite, Mi 9T e Mi 9T Pro a partir de R$ 1565 em 10x sem juros NASA comemora sucesso de experimento em Marte com selfie do rover Curiosity Zap Zap: 5 funções do app que não são encontradas no WhatsApp Modo sem fio do Android Auto chega ao Brasil em expansão da Google IMBATÍVEL | Fones sem fio Xiaomi AirDots por menos de R$ 90 e estoque no Brasil

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios