Moro determina a prisão de Lula em menos de um dia após o julgamento do HC no STF

Em apenas 22 horas após a decisão do STF, que cassou o Habeas Corpus que adiaria a prisão de luta, o juiz Sérgio Moro determinou sua reclusão

Lula e Sergio Moro (veja.com)
O juiz Sergio Moro determinou a prisão do ex-presidente Lula, às 17h00 da tarde desta quinta-feira, a menos de um dia após a decisão do Supremo Tribunal Federal – STF, do Habeas Corpus que pedia o adiamento da prisão até o julgamento dos recursos pela terceira corte. A decisão aconteceu pouco depois do TRF-4, de Porto Alegre, autorizar o magistrado a emitir essa ordem.

Na decisão, o juiz Moro concedeu ao petista a “oportunidade” de se apresentar voluntariamente à Polícia Federal de Curitiba até às 17h da próxima sexta-feira, dia 6, “em atenção à dignidade do cargo que ocupou”.

A utilização de algemas foi vedada “em qualquer hipótese”.

Lula foi condenado a 12 anos e 1 mês de reclusão em regime inicial fechado no caso do tríplex do Guarujá. Na quarta-feira, o Supremo Tribunal Federal havia negado o pedido de habeas corpus para evitar a detenção do ex-presidente. O placar apertado, de 6 a 5, teve como voto decisivo o de Rosa Weber (contra o HC) o único considerado imprevisível até a sessão.

Além de Lula, o despacho abrange as prisões de José Adelmario Pinheiro Filho (condenado a 3 anos, 6 meses e 20 dias de reclusão em regime inicial semiaberto) e Agenor Franklin Magalhães Medeiros (1 ano, 10 meses e 7 dias de reclusão em regime aberto). (Fonte: veja.com)

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios