Militares aplicam o PROERD nas redes escolares de Utinga e Wagner

Momento de conclusão em Utinga, unindo pais e educadores.

Crianças e adolescentes da rede pública do município de Utinga vão conviver com mais uma edição do Proerd 2018.2, que vem sendo desenvolvido pelo 11º Batalhão PM de Itaberaba. Na quinta-feira, 09, realizou-se o  primeiro ciclo de reuniões com as unidades escolares envolvendo alunos e pais, para aplicação do programa que vai atender as cidades de Wagner e Utinga. A ação educativa vem sendo aplicada pela 5°CIA PM-Utinga, que selecionou para serem contempladas com o PROERD um total de 13 turmas do 5º ano, das escolas municipais, Dr. Américo Chagas, Eraldo Tinoco, José Benício de Matos, Adalgisa Martins, Padre João Ramos, Clériston Andrade, Dr. Eraldo Tinoco e a Luís Gastão Silva Fraga, localizadas nos dois municípios, recebendo total apoio das Prefeituras e suas secretarias municipais de educação.

Conforme  os monitores do programa, o objetivo é capacitar crianças e adolescentes para atuarem como seres autônomos, capazes de resistir às pressões de grupos e às diversas influências externas na tomada de decisões pessoais. E dizerem Não às Drogas e a prática de violência, no âmbito escolar e fora dele.

Pais, alunos, professores e policiais, na conclusão do planejamento em Wagner.

Sucesso nacional

O Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD tem alcançado êxito em todo pais,graças a adaptação brasileira do programa norte-americano “Drug Abuse Resistence Education – D.A.R.E.”, surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil. Conta com três modalidades: 1- PROERD para Educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental; 2- PROERD para 5º ano do ensino fundamental; 3- PROERD para 7º ano do ensino fundamental; e 4-  PROERD para Pais/Responsáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *