Eleições 2018Enfoque BaianoFlash

Lázaro, Jutahy e Coronel na grande disputa pela segunda vaga no Senado

Jaques Wagner lidera a preferencia eleitoral pelo PT

A disputa pela segunda vaga do senado (Foto-edição bahia.ba)

Jaques Wagner liderou todas as pesquisas, antes das convenções, e agora, também com o lastro de quem foi governador oito anos, é tido como favorito absoluto para ocupar uma das vagas e aí entra a questão que anima as conversas nas rodas de política. Em segundo nas pesquisas está Irmão Lázaro (PSC), em terceiro está o deputado Jutahy Júnior (PSDB), também da chapa de Zé Ronaldo e em quarto Angelo Coronel (PSD), o companheiro de Wagner.

Irmão Lázaro é o segundo colocado nas pesquisas, está na chapa de Zé Ronaldo, mas apoia Bolsonaro. Ex-integrante do Olodum e hoje cantor gospel, evangélico da Assembleia de Deus, ele aposta em tirar sua eleição daí, um nicho que envolve política e religião.

Questão de tempo

Jutahy Junior confia nos serviços prestados a Bahia nos seus oito mandatos de deputado federal, o que lhe dá um discurso político consistente, e no ostensivo apoio de ACM neto. Ele diz ter plenas condições de ganhar a eleição.

E finalmente o desafio maior é Coronel. Ele diz que em 2010 Lídice da Mata e Walter Pinheiro nem pontuavam, ganharam, em 2014 Otto Alencar começou com 4% contra 40 de Geddel e teve mais de um milhão de votos a mais. A questão é que estamos a 32 dias das eleições. Vai dar tempo? (Fonte: Levi Vasconcelos – bahia,ba)

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *