Isolado após conversa no vestiário do Castelão, Rogério Ceni tem futuro em xeque no Cruzeiro

Zagueiro Dedé questionou a não escalação do meia Thiago Neves; treinador deixou Estádio Castelão antes da delegação cruzeirense após o empate sem gols com o Ceará

Após o empate sem gols com Ceará na noite desta terça-feira pela 21ª rodada do Brasileirão, uma discussão no vestiário do Cruzeiro pode fazer com que Rogério Ceni deixe o comando do Cruzeiro. O desentendimento começou depois da entrevista coletiva, durante reunião do treinador com os atletas no vestiário do estádio Castelão.

ni para o jogo de ontem. O zagueiro afirmou que o meia Thiago Neves deveria estar no time. Rogério não gostou do questionamento, deixou o vestiário e saiu do Castelão antes da delegação cruzeirense. A informação foi publicada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O Cruzeiro não vence há cinco jogos. Empatou com o Ceará na última rodada. Antes, havia perdido para Flamengo, Palmeiras, Grêmio e Internacional. A última vitória do Cruzeiro foi contra o Vasco na 17ª rodada. Cruzeiro está na 16ª colocação na tabela de classificação.

Procurado pelo GloboEsporte.com, o Cruzeiro disse que não vai se pronunciar sobre o assunto. A delegação está em Fortaleza e tem embarque previsto para 11h40.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios