Incêndio criminoso destruiu cidade cenográfica em Milagres na noite das comemorações da Independência

Policia já identificou quatro suspeitos que podem ateado fogo criminoso na Vila Renascer.

 

Toda estrutura da Vila Renascer foi destruída pelo fogo.

Um violento incêndio cobriu em altas chamas todos os quiosques e casebres que compunham a cidade cenográfica do Arraiá Vila Renascer , gerando assombro e surpresa em meio a população, diante do perigoso sinistro, cujas labaredas foram vistas à distancia. A Vila junina foi totalmente arrasada, destruindo todo o material de uso público, que seria utilizado para as comemorações da Festa de Natal da cidade.

Nada escapou diante da força das labaredas.

Durante o dia, no local do sinistro, transcorreram as comemorações e desfile cívico de 7 de Setembro,  data nacional da Independência do Brasil. Moradores descreveram que durante o inicio do incêndio ainda havia pessoas e crianças se divertindo no local. Apesar da força do fogo e a rapidez das labaredas sobre as palhas e madeirame que edificavam os casebres, não houve vitimas ou pessoas com queimaduras.

O prefeito Cezar Rotondano Machado, o popular Cézar de Adério (PP), foi surpreendido pela noticia do sinistro e lamentou o ocorrido. Imediatamente encaminhou queixa crime na delegacia de policia para averiguação pelas policiais Civil e Militar. Ele destacou que há alguns dias pediu reforço policial ao comando militar, para combater a onda de violência que cresceu nos últimos tempos, tirando a tranquilidade da população.

Quatro suspeitos

O foto atingiu também a pequena capela que muito visitada e admirada durantes os festejos juninos.

Conforme o delegado de policia civil, bacharel Ricardo, as investigações foram imediatas e, até o momento as pericias realizadas rondam em trono de 4 suspeitos de terem provocado o incêndio. “Ainda não podemos afirmar se o incêndio é criminoso ou não”, salienta o delegado, revelando que “possivelmente, o incêndio foi provocado por uma ponta de cigarro”.

Suspeita-se que o incêndio foi provocado criminosamente.

Na queixa crime prestada pela autoridade municipal, foi registrado que “o local é aberto e sem qualquer tipo de agente que pudesse gerar fogo, que tal fato trem características criminosas que poderiam ter proporções catastróficas, pois no local, estava sendo realizados os festejos em comemoração do 7 de Setembro, com a presença de centenas de pessoas, entre crianças e alunos da rede municipal de ensino”.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios