Iaçu comemorou o Dia Nacional da Consciência Negra lançando campanha de autoestima

As manifestações culturais percorreram ruas da cidade.

Durante toda manhã desta segunda, 20, Prefeitura Municipal de Iaçu, através da Secretaria Municipal de Educação, promoveu atos envolvendo jovens afrodescendentes, lançando a campanha “Ser negro em Iaçu é…”, motivando sentimentos de  autoestima da população. A ideia da campanha é justamente dar visibilidade ao povo, mostrar o belo, a riqueza cultural e dizer de forma livre o que cada um pensa, em memória à esta data, em homenagem à cultura e a expressão negra em Iaçu, a partir de personalidades iaçuenses.

Jovens uniram os sentimentos de igualdade racial.

A campanha “Ser negro em Iaçu é…” traz depoimentos que traduzem o sentimento de um povo que ainda luta contra o preconceito e a discriminação.

As simpáticas garotas disseram não ao preconceito.

O Dia da Consciência Negra marca o dia da morte de Zumbi dos Palmares, ocorrida em 1695, após anos defendendo o Quilombo de Palmares de expedições que pretendiam escravizar, novamente, os negros que conseguiram fugir. Desde 2003, com a aprovação da Lei 10.639, que instituiu o ensino da História e Cultura Afro-Brasileiras nas escolas, a data foi incluída no calendário escolar como o Dia Nacional da Consciência Negra.

A capoeira fez o ritmo da liberdade racial.

Além das manifestações nas ruas, a campanha promove a circulação de banners nas redes sociais, com personalidades iaçuenses expressando a alegria, o orgulho e a liberdade de ser negro, e contribuir com seus saberes para o desenvolvimento do município.  

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios