FESTIVAL DE LENÇÓIS TRANSFERIDO PARA OUTUBRO

Detre as atrações estarão Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, Luís Melodia e muito mais

Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, são atrações convidadas.[/caption]A Pau Viola Cultura e Entretenimento e a Eco Show Produções, em consonância com a Prefeitura Municipal de Lençóis, comunicam que o Festival de Lençóis, previsto para acontecer de 30 de abril a 02 de maio, foi transferido para o período de 09 a 12 de outubro, em Lençóis, na Chapada Diamantina. Com esta decisão, a produtora baiana segue as recomendações governamentais em adiar eventos com grandes públicos em razão da epidemia do novo coronavírus, o Covid-19.

“Estamos fazendo a nossa parte em prevenir a disseminação do novo coronavírus, adiando o maior festival do interior da Bahia. Em 19 anos de evento, a Pau Viola sempre se preocupou pelo conforto e a segurança da população local e de milhares de turistas que se deslocam para Lençóis”, comenta Paula Resende, diretora da Pau Viola.

A 20ª edição do Festival de Lençóis deverá manter a mesma programação prevista inicialmente. A sua realização está baseada na fomentação da cultura, sustentabilidade e fortalecimento da cidadania através das artes e práticas do turismo cultural. Com um público diário estimado em 10 mil pessoas, as edições anteriores reuniram artistas locais e consagrados, como Rita Maria, Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, Luís Melodia, Flávio Venturini, Adriana Calcanhoto, Elza Soares, Nando Reis, Vanessa da Mata, Mart´nália, Lazzo, Ju Moraes, Russo Passapusso e Baile do Bem (Sandra de Sá, Serjão Loroza e Negra Li).

Jamil Moreira Castro

COMO Comunicação

@comocomunicação

(071) 99920.5884

Rua Aracaju, 34, A Casa Coworking

CEP: 40140.360

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios