Festival de Lençóis 2018 traz o afro reggae da Banda Àttøøxxá, o samba no pé de Maria Rita e o axé music de Saulo

Confira a programação completa do maior evento musical da Chapada Diamantina

Maria Rita, o sucesso com o pé no samba.

Interrompida a serie de festivais, no ano passado, por falta de patrocínio, o maior espetáculo musical da Chapada Diamantina estará de volta nos dias 31 de maio e 2 de junho de 2018, na cidade de Lençóis. O 19º Festival de Lençóis, o mais antigo da Bahia, traz ao palco como principais atrações a banda afro reggae baiana Àttøøxxá, a cantora Maria Rita, filha da nacionalíssima Elis Regina e o cantor e compositor baiano Saulo, ex-vocalista da Banda Eva, prometendo atrair para a praça Horácio de Matos, no centro histórico da cidade, com três dias de música, milhares de visitantes.

Grupo musical baiano marcou novo hit no Carnaval. 
Saulo e os embalos do axé music em sua careira solo.

De dia turismo, de noite música

Os atrativos naturais e a arquitetura histórica da cidade, considerada a porta de entrada da Chapada Diamantina, funcionam como pano de fundo para o sucesso do Festival de Lençóis. Ainda que o alto nível das atrações justifique a popularidade do evento, os passeios que convidam o turista a conhecer as belezas de Lençóis dão um charme especial ao festival, que agrada tanto aos que preferem o dia quanto a noite.

As noitadas são um convite à boemia.

Uma caminhada de 15 minutos leva o visitante a um dos atrativos mais visitados da cidade, conhecido como “Serrano”, famoso pelas suas águas escuras que descem por pedras e piscinas naturais. Logo acima, fica o “Salão de Areias”, formado pela decomposição de rochas e conglomerados de arenito. E bem pertinho de lá, está a “Cachoeirinha”, uma pequena queda d`água que proporciona um banho revigorante.

Cachoeiras e córregos, são atrações durante o dia.

Acima da Cachoeirinha, escondida entre os rochedos, está a “Cachoeira da Primavera”, um verdadeiro parque natural que dá acesso a um mirante com vista privilegiada para a cidade. Quem quiser arriscar um pouco mais na caminhada, poderá conhecer o “Ribeirão do Meio”, poço com um tobogã natural, situado a 3,5 Km de Lençóis, ideal para nadar. Já a visita à Cachoeira do Sossego é indicada para aqueles têm um certo preparo físico, pois é uma longa trilha. O final, no entanto, é gratificante, pois chega-se a uma das mais belas cachoeiras de Lençóis. 

O rio Mucugezinho; o Poço do Diabo; Marimbus; Serra das Paridas; Cachoeira do Mosquito; Morro do Pai Inácio; Gruta da Torrinha; Gruta da Lapa Doce e Pratinha estão também entre os atrativos naturais mais procurados, localizados em municípios próximos a Lençóis. São opções em que o turista pode aliar passeios de carro, barco e trilhas com a prática de esportes de aventura, como tirolesa e rapel. 

As visitas aos locais históricos também são uma boa pedida. A Igreja do Senhor dos Passos, o Mercado Cultural, a Casa Afrânio Peixoto, a Praça do Coreto e o Centro Histórico de Lençóis reafirmam o título que a cidade possui de Patrimônio Nacional, reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (IPHAN). (Com colaboração do guiachapadadiamantina.com.br)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *