Empresários do comércio e indústria de Portugal conhecem oportunidades para investir na Bahia

Empresários portugueses ao lado de Walter Pinheiro, demonstraram interesse em investir na Bahia.

Diversas oportunidades de investimentos na Bahia e comércio bilateral com empresas portuguesas foram apresentadas nesta terça (09) e quarta-feira (10), pela missão do Governo da Bahia, para a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira, a Câmara de Comércio e Indústria de Portugal e a Associação de Indústrias de Portugal.

A missão, composta pelo Secretário do Planejamento, Walter Pinheiro, e o superintendente de Atração de Investimentos e Fomento ao Desenvolvimento Econômico da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Paulo Guimarães, apresentou oportunidades de investimentos e parcerias em setores como construção civil, atividades de serviços e operação de aeroportos e centro de convenções, turismo, hotelaria, recuperação de centros históricos, têxtil e de produtos agrícolas, a exemplo do chocolate, do café e da cachaça.

Reuniões com os portugueses geram perspectivas de novos investimentos em território baiano.

“As reuniões mostraram-se positivas e as associações portuguesas se comprometeram a apresentar as oportunidades a seus associados e organizar sua ida à Bahia, bem como a realização de eventos nas diversas regiões de Portugal para discussões diretas com setores e empresas específicas, no segundo semestre de 2019”, informou o secretário Pinheiro.

Segundo o superintendente Paulo Guimarães, nessas oportunidades o Governo da Bahia pretende, além de apresentar as oportunidades de investimentos, levar empresários baianos para Portugal, com o objetivo de apresentar seus produtos e discutir parcerias com as empresas portuguesas.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios