FlashItaberabaNotícias da Chapada Diamantina

Carnaval beneficente do Lions alcançou sucesso com a motivação dos foliões

A animação e organização da folia motivou os foliões que se divertiram a valer até o amanhecer do domingo

A leonina Ana Oliveira motivou os foliões com seu sorriso e alegria.

Muita alegria, máscaras, fantasias, confetes, serpentinas  e animação, marcaram o colorido da noite do sábado, 7, durante o Carnaval Beneficente do Lions de Itaberaba, quando atraiu centenas de foliões da sociedade itaberabense. Não faltaram as saudosas marchinhas carnavalescas, os animados baiões e sambas, além dos ritmos atualizados do Axé Music, sob o som de atrações como Gerônimo e a Banda Xaxa Dum Dum, o cantor Luiz Ney e o grupo musical Folias e Frevos.

Sena, presidente do Lyons e grande animador, recepciona a o bloco das camisas listradas.

O evento organizado pelos leoninos e seus familiares, transcorreu no pátio, jardins  e dependências do Hotel Flor da Chapada, onde a alegria rolou solta entre casais e convidados, que brincaram sob o clima da solidariedade.

O empresário e hoteleiro Gilson Couto deu o tom das boas vindas com muita animação.

Quiosques e barracas ofertaram dinks, bebidas, cervejas, tira-gostos e canapés, que motivou o paladar de todos os foliões até a madrugada do domingo.

O advogado Etiene e o filho cantor, entraram no ritmo do Xaxa Dumdum.
Na folia, os casais brindaram reencontros.
Tudo era só alegria, no corre corre da folia.
Muita paixão se renovou durante a folia, como mostra o casal brindando.
O advogado Etiene e o filho cantor, entraram no ritmo do Xaxa Dumdum.
o veterano cantor Gerõnimo animou a galera.
Casais empolgados, juraram amor eterno.
Os jardins do Hotel Flor da Capada foi o palco da folia carnavalesca.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *