Brasil conhece sequência de jogos do vôlei em Tóquio-2020

Renan, técnico da seleção masculina: "Podemos dizer que [a sequência de jogos] ficou coerente"

O Brasil já sabe seu caminho no vôlei masculino e feminino em Tóquio-2020. Ontem, foi confirmada a agenda das duas seleções, definindo a ordem dos compromissos das equipes nos Jogos Olímpicos, que acontecem entre os dias 24 de julho e 9 de agosto.

A modalidade começará pelo evento masculino, com o grupo do técnico Renan Dal Zotto encarando a Tunísia como primeira adversária. O jogo, no Japão, será no segundo dia de disputas, 25 de julho – mas, por causa do fuso horário, será às 23h05 de 24 no Brasil.

Depois, as missões são contra Argentina (no dia 27, às 9h45), Rússia (dia 29, às 9h45), EUA (30 de julho, às 23h05) e França (1º de agosto, às 23h05), todos pelo Grupo B, na primeira fase.

“Já conhecíamos o grupo, que é extremamente equilibrado, difícil, e o fato de jogar um dia sim e um dia não, como é o habitual na competição, é muito bom para a recuperação e estudo dos jogos. Hoje conhecemos a sequência dos jogos e podemos dizer que ficou coerente, ficou boa para a nossa seleção”, disse Renan.

Já a seleção brasileira feminina, sob o comando do técnico José Roberto Guimarães, faz seu primeiro jogo no dia 26 de julho, às 9h45, contra a Coreia do Sul, pelo Grupo A. Na sequência, os compromissos são contra a República Dominicana (dia 28, às 7h40), Japão (dia 30, às 7h40), Sérvia (dia 1º de agosto, às 4h25) e Quênia (dia 3, às 9h45).

As quatro melhores seleções de cada grupo avançam às quartas de final, que acontecerão nos dias 3 e 4 de agosto, no caso dos homens, e 4 e 5 do mês, para as mulheres. As semis rolam no dia 6 (masculino) e 7 (feminino).

A final entre os homens está marcada para o dia 8, às 9h15 e, no dia seguinte, 9, data de encerramento dos Jogos, será a feminina, 1h30 da manhã.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios