Atividade física ajuda quem tem depressão

Durante a atividade o organismo libera endorfina e serotonina, neurotransmissores que dão sensação de prazer e bem-estar.

A atividade física é uma ótima aliada no combate à depressão. E não é apenas a depressão que pode melhorar com exercício físico, mas também outros transtornos, como a síndrome do pânico e ansiedade, por exemplo.

  • Série ‘Depressão: precisamos falar sobre isso’ mostra as causas da doença que atinge 11 milhões de brasileiros
  • Fazer atividade física pode ser um ‘remédio’ contra a depressão
  • Depressão é a doença que mais tira anos de vida saudável do brasileiro

O exercício ajuda tanto na prevenção quanto no tratamento. Isso acontece porque durante a atividade o organismo libera endorfina e serotonina, neurotransmissores que dão sensação de prazer e bem-estar.

Para quem está deprimido, desanimado, cansado, é difícil falar para levantar do sofá e ir praticar atividade física. O preparador físico Marcio Atalla explica que 15 minutos por dia já ajuda!

Estudos mostram que as atividades aeróbicas são responsáveis pela sensação de prazer e, a partir de 15 minutos, isso acontece.

O ideal é pensar em exercício como fonte de prazer e não de sofrimento. Dançar, pular corda, subir escadas, brincar com as crianças podem ser opções.

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios