Artista plástica Zezé Negrão lança Livro e recebe homenagens no Museu Parque do Saber, em Feira de Santana – Jornal Oparaguaçu Itaberaba
CulturaFeira de SantanaFlashMulher

Artista plástica Zezé Negrão lança Livro e recebe homenagens no Museu Parque do Saber, em Feira de Santana

Zé Negrão foi prestigiada pelos artistas feirenses.

A itaberabense, Zezé Negrão, é, atualmente, um dos destaques nas artes plásticas e na literatura em Feira de Santana, onde reside, com destaque para a Bahia. Ela nasceu em Itaberaba. A artista plástica e escritora lançou seu novo livro “A Menina que Falava com o Beija-flor”, e foi homenageada pela sociedade feirense na sexta-feira, 20, em noite de autógrafos no Museu Parque do Saber.

O livro conta a estória de uma criança, sua avó e um beija-flor e a relação entre eles. “Tive a oportunidade de viver aquilo que a Nana – personagem principal – viveu e vive através da escrita. Cada um de nós temos a desenvoltura de uma criança e, através de uma determinada vivência com o idoso e a criança, temos a percepção do quanto é importante a participação do idoso na vida de um jovem da família”, ressalta a autora.

Zezé autografou livro para a presidente do Lyons Clube feirense.

Dentro da programação do lançamento, a estória do livro foi encenada por alunos do Colégio Padre Ovídio. “Achei o livro muito interessante porque ele relata a estória de uma menina que fala com o beija-flor. Uma coisa imaginária, lúdica, que não vemos atualmente. Achei um incentivo para as pessoas aprenderem outras línguas e gostei muito da ideia”, avalia Lavínia Franco, aluna do 5º ano.

Artista de várias facetas, Zezé Negrão apresentou, também, a exposição ‘Momentos’, uma reunião de obras importantes de sua carreira como artista plástica. Um dos quadros é o retrato do filho, João Gabriel Negrão. “Fico muito feliz de ser lembrado assim. O quadro ficou muito bonito. Crescer nesse ambiente voltado para a arte foi algo muito bom. A experiência em casa juntamente com a experiência do colégio são influências muito boas”, relata João. A exposição ‘Momentos’ fica exposta até dia 25 de julho, no Museu Parque do Saber, com horário de funcionamento de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Oportunidade de leitura

Zé Negrão agradece pelas homenagens.

O evento contou com a presença de várias figuras importantes para a trajetória cultural da autora. Uma delas a escritora Lélia Vítor, presidente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana. “Temos como objetivo estar não só divulgando, mas, também, incentivando a leitura para as crianças e adolescentes, e para os feirenses de modo geral. Então é uma satisfação muito grande, porque quando lançamos um livro abrimos a oportunidade da leitura para todos”, explica Lélia Vítor.

Fundação Cultural Egberto Costa

Zezé autografou dezenas de exemplares do livro bilíngue: “A Menina que Falava com o Beija-flor”.

O lançamento do livro e todas as atividades culturais relacionadas a ele foram apoiados pela Fundação Cultural Egberto Tavares Costa, em parceria com a Academia de Letras e Artes de Feira de Santana. “Estar numa cidade em que recebemos o verdadeiro incentivo, tanto por parte da Academia de Letras quanto da Fundação Cultural Egberto Costa, é muito gratificante. Então, para mim, é uma dádiva e fico muito agradecida”, acentua, emocionada, Zezé Negrão. (com colaboração de jornalgrandebahia).

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *