Apenas dois candidatos a deputados de Itaberaba receberam verbas do Fundo partidário

Zé Raimundo (MDB) recebeu a maior fatia, R$100, mil reais; enquanto Ubiratan Calmon (PC do B) recebeu R$6.294,57. Os demais candidatos correm trecho com seus recursos pessoais.

Estão concorrendo nestas eleições cinco candidatos residentes em Itaberaba, que disputam os cargos de deputado estadual e federal. Desse total, apenas dois candidatos receberam dinheiro do Fundo Partidário para o financiamento púbico das campanhas. Dentre os políticos prestigiados com recursos do Fundo Partidário, Jose Raimundo Sampaio Oliveira, 53, nome de campanha: Zé Raimundo, presidente do MDB e candidato a deputado federal com o Nº 1515, CNPJ 13.549.175/0001-02, recebeu na conta de campanha o valor de R$100.000,00 do Fundo Especial Eleitoral.

Zé Raimundo é o maior beneficiário do Fundo Partidário Eleitoral.

O outro candidato beneficiado é Ubiratan Amorim Calmon, 58, casado, formado em ciências contábeis, nome de urna: Ubiratan Calmon, que é candidato a deputado estadual Nº 65233  pelo PC do B – Partido Comunista do Brasil,  tendo recebido na conta de campanha o valor de R$6.294,57 repassados pelo PCdoB, do Fundo Especial Eleitoral.

Ubiratan foi beneficiado pelo Fundo Partidário.

Sem apoio do Fundo Partidário

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabeleceu como limite legal dos gastos nesta campanha os valores de R$2.500.000,00 para deputado federal, enquanto para deputado estadual o limite é de R$1.0 milhão. Os recursos do Fundo Partidário criado pelo Congresso Nacional, estre ano concentra um montante de R$1 bilhão e R$700 milhões, que foram distribuídos para as campanhas dos candidatos a deputado estadual e federal, senador, governador e presidente.

O ortopedista Sapucaia toca sua campanha com recursos próprios.

Os demais candidatos de Itaberaba seguem tocando suas campanhas sem ajuda oficial, a exemplo do conceituado médico ortopedista Luiz Henrique Sapucaia Rehem, 52, nome na Urna: Luiz Sapucaia, candidato a deputado estadual Nº 31234, pelo PHS – Partido Humanista da Solidariedade. Sapucaia não recebeu recursos do fundo Partidário. Assim também, o candidato Cristiano de Oliveira Rodrigues, 32, ensino médio completo, nome de urna: Cristiano Rodrigues, deputado estadual Nº 25250 (DEM – Democratas) e o popular Rubenilson Jesus de Souza, 31, semialfabetizado, nome de campanha: Rubenilson do Povo que lançou-se candidato a deputado federal Nº 2505 pelo DEM – Democratas, ambos não receberam recursos do fundo Partidário.

Os dois amigos Rubenilson e Cristiano, tocam a campanha se apoiando um ao outro, sem dinheiro.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios