Aécio diz que proposta de governo é ‘sempre aberta a contribuições’

Candidato voltou a dizer que tem pontos convergentes com Marina Silva.

Apoio da candidata do PSB no segundo turno ainda não foi definido.

Tahiane Stochero Do G1 SP

Aécio Neves, carregado por trabalhadores da construção civil, São Paulo (Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo)
Aécio Neves foi carregado por trabalhadores da construção civil em São Paulo (Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo)

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou nesta terça-feira (7) em São Paulo, que o programa de governo “é uma proposta sempre aberta a novas contribuições” e que vê “convergências importantes” entre as propostas dos programas da candidata derrotada no primeiro turno, Marina Silva (PSB), e as do PSDB. Ele afirmou que agora, no segundo turno, sua candidatura não é mais de um partido, mas que “representa o sentimento amplo de mudança que hoje permeia a sociedade brasileira”.

Marina ficou em terceiro lugar na votação do primeiro turno, atrás de Aécio e da presidente Dilma Rousseff. A candidata do PSB teve 21% dos votos válidos. Ela ainda não declarou quem vai apoiar no segundo turno. Nesta segunda (6), Aécio já havia dito que tem pontos “convergentes” com as propostas do PSB.

Durante visita a canteiro de construções de prédios na Zona Sul da capital, Aécio conversou com trabalhadores da construção civil e afirmou que seu governo promoverá “a retomada do crescimento” e a geração de empregos. Ele estava acompanhado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, do senador eleito José Serra e de deputados aliados.

“Eu vejo inclusive que há convergências importantes entre as propostas do programa de governo de governo da candidata Marina e as nossas. Agora,  é uma questão que não depende de mim (receber propostas de outros partidos). Temos que respeitar o tempo e as discussões internas de cada um daqueles que se posicionaram em uma direção no primeiro turno. O segundo turno é sim o momento das convergências, das aproximações. Vamos aguardar com muito respeito a movimentação dos outros candidatos”, afirmou.

 Aécio diz que conversou por telefone com Beto Albuquerque, que era vice da chapa de Marina Silva, nesta terça, e que cumprimentou Marina pelo desempenho. Ele disse que deve aguardar com serenidade a decisão da candidata sobre o apoio no segundo turno.

“Vamos ter tranquilidade, agora é hora dos partidos discutirem internamente, cada um tem o seu sistema decisão , tem seus colegiados. Seria estranho que não os ouvissem. Vamos aguardar com muita serendidade”, disse

Fim da reeleição
Sobre a proposta de mandato único de cinco anos aos eleitos, como defendia Marina, Aécio afirmou que “esta proposta esta já nas nossas diretrizes, eu defendo há muito tempo. Acredito que o mandato de cinco anos com coincidência das eleições é um avanço”.

Ao lado de Alckmin, Aécio disse que a questão do mandato de 5 anos dependeria de uma discussão ampla no Congresso. Ele não respondeu se abriria mão da reeleição caso seja eleito presidente, acrescentando apenas: “Eu não morro de amores pela reeleição. Eu defendo a coincidência dos mandatos e isso envolve outras negociações”

“Eu sou a favor do mandato de 5 anos sem reeleição para todos os cargos públicos. A questão deste madnao especial precisa ser discutida no Congresso por uma função especifica. Estamos falando não do fim da reeleição para presidente da República apenas. Então não é uma opção unilateral de candidatos que resolveria o problema. A tese do fim da reeleição e do mandato de 5 anos, é uma tese que eu advogo e defendo há muitos anos’, afirmou.

“A presidente Dilma acabou por desmoralizar a reeleição com esta mistura sem limites entre o público, o privado e o partidário, como assistimos nesta eleição. Se eu já tinha dúvidas sobre as vantagens da reeleição, a presidente Dilma acabou por desmoraliza-la”, afirmou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios