Mulher

Por que as mulheres gemem durante o sexo?

Pesquisa demonstra que as mulheres, em geral, gemem mais que os homens durante a relação sexual

Respiração acelerada e gemidos são duas maneiras diferentes de demonstrar prazer durante a relação sexual. Cada pessoa tem um tipo de comportamento nesses momentos. Além disso, essas reações podem ser voluntárias ou involuntárias, dependendo do tipo de estímulo que se está tendo. Naturalmente, há homens que arfam ou gemem quando estão tendo uma relação, mas os gemidos, em especial, são marca registrada das mulheres.

A verdade é que as mulheres são mais “teatrais” na hora do sexo. Por isso tendem a dramatizar mais o que estão sentindo, expressando através de gemidos, palavras ou mesmo gritos todo o prazer obtido. Tudo isso enquanto os homens permanecem um tanto quanto estáveis. Essa é a natureza dos gêneros e a forma que ambos encontram de demonstrar que estão se divertindo.

O gemido serve para alguma coisa, que não seja apenas prazer?

Quando se pratica um esporte ou qualquer atividade que exija muita concentração, toda pessoa permanece extremamente focada no que está fazendo até o momento em que acaba a tarefa. É comum, em competições esportivas, ver atletas gritando ao final da prova, como se estivessem liberando toda a energia que, até aquele momento, estava sendo reprimida e direcionada para o esporte. Nas relações sexuais não é diferente.

É claro que ambos estão ali para curtir o momento e aproveitar a experiência, mas também há concentração para o sexo. Por esse motivo, os gemidos e sussurros seriam uma válvula de escape para os envolvidos na atividade, liberando a energia concentrada tal como os atletas fazem através dos gritos.

Por que, afinal, as mulheres fingem prazer?

É da natureza feminina tentar agradar ao parceiro, demonstrando o quanto ele está proporcionando prazer na cama. De acordo com um estudo realizado na Universidade de Lancashire, no Reino Unido, os gemidos e outros ruídos emitidos pelas mulheres fazem parte dessa encenação.

A pesquisa demonstrou que quatro, em cada cinco voluntárias entrevistadas, admitiam fingir um orgasmo usando gemidos durante suas relações, simplesmente porque gostariam que o sexo acabasse rapidamente. Este é um ponto importante para entender as relações homem-mulher.

Enquanto, para os homens, o sexo é uma parte fundamental do relacionamento, o que a estatística demonstra é que a maioria das mulheres não dá assim tanta importância à questão. É claro, no entanto, que trata-se de uma pesquisa pontual, o que não significa que a opinião das entrevistadas represente, de fato, a opinião das mulheres como um todo.

A estatística tornou-se ainda mais expressiva quando os pesquisadores perguntaram a elas os motivos que as levavam a fingir um prazer que, na realidade, não estavam experimentando. 92% das mulheres disseram que usavam os gemidos para agradar ao parceiro, fazendo-o crer que estava sendo o melhor dos amantes durante o sexo.

Se essa é uma estratégia válida ou não na hora H, a verdade é que a maioria dos homens continua na eterna dúvida sobre a veracidade do prazer demonstrado por suas parceiras e, embora alguns afirmem que também simulam um prazer excessivo para satisfazê-las, a arte de encenar na cama ainda é um campo mais feminino.

Fonte:dicasdemulher

admin

FotografoChan, diagramador, webdesigner, morador da cidade de Itaberaba-Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close