FlashIaçuNotícias da Chapada Diamantina

Policia desvenda crime, prende bandidos, mas, constrange um cidadão

A divulgação da policia feriu a honra e dignidade de Nego Lucio, que a própria Policia Civil isentou de qualquer envolvimento com o crime de assalto

Mesmo diante dos protestos de Nego Lúcio afirmando sua inocência, a policia o enquadrou indevidamente, na foto oficial da DPC.

A nota do plantão policial distribuído pela Delegacia Regional de Policia Civil da 12a Coorpin, de Itaberaba, que foi lançada nas redes sociais e meios de comunicação, no último dia 30/12, revela a eficiência e rapidez da Policia Civil no desvendar dos crimes de furtos e assaltos, porém, confessa de público um grave erro de análise e falha nos cuidados com a pericia criminal, ao citarem, indevidamente, como um dos autores do crime o cidadão Lucio Flavio Soares Santos.

A nota intitulada: “Natureza do Crime: Roubo qualificado e posse irregular de arma de fogo”, da DPC, descreve a ocorrência de um assalto a mão armada, na cidade de Iaçu, onde uma dupla de bandidos praticaram o crime por volta das 02h30, da noite, contra o Posto Paraguaçu, o mais novo posto de combustíveis inaugurado há 8 dias, na beira da ponte da cidade.

Assalto a mão armada

Diz a nota da Policia Civil: “Policiais Militares da CIPE Chapada foram informados de que havia tido um assalto a um posto de gasolina na cidade de Iaçu. A equipe se deslocou ao local e, ao obter informações a respeito do delito, saiu em diligências a procura dos suspeitos, tendo conseguido prender em flagrante Robson Jesus de Freitas Silva e Luis Muller Santos Silva pelo crime de roubo qualificado. Com eles foram encontrados o carro usado no assalto. A vítima, frentista do posto, reconheceu os autores”.

Acrescenta a nota policial que, “No momento da abordagem, os policiais militares foram informados que um homem estaria com uma arma de fogo em casa que poderia ter sido usada no assalto. Após isso, a guarnição se deslocou até a pessoa de Lucio Flavio Soares Santos e o mesmo confirmou que na sua casa havia uma arma de fogo. Os Policiais então se dirigiram até a casa do suspeito e confirmaram a presença da arma, tendo dado voz de prisão ao autuado. Tendo em vista que não foi provada qualquer relação dessa arma com o assalto, o Lucio Flavio foi autuado apenas pela posse irregular de arma”.

A foto oficial da DPC apresenta os verdadeiros assaltantes, mas comprometeu a moral do cidadão Lúcio Flavio.

Divulgação

Autuado por porte de arma de fogo, Lúcio Flavio foi liberado após pagamento de fiança, enquanto os assaltantes seguem custodiados na Delegacia local à disposição da Justiça.

O agravante na falha policial está na divulgação de uma foto em que são registrados os membros da quadrilha em foto oficial da DPC, envolvendo Lúcio Flavio, popularmente apelidado de Nego Lúcio.  A foto viraliza na Internet e nas redes soiais, com milhares de acessos e redistribuição, seguida de muitos comentários desagradáveis e desabonadores à honra e dignidade da pessoa do Nego Lucio, que a própria Policia Civil isentou de qualquer envolvimento com o crime de assalto.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close