Boa Vista do TupimFlashNotícias da Chapada Diamantina

O povo brincou até o amanhecer no Réveillon em Boa Vista do Tupim

A contagiante alegria revela a satisfação do povo com os rumos da nova gestão pública do município.

Os foliões superlotaram a Praça Ruy Barbosa no noite da virada.

Promovido pelo Governo da Reconstrução, a festa de Reveillon na cidade de Boa Vista do Tupim entrou pra a história do município como a mais animada e participativa. “A gente vê no semblante das pessoas a alegria de uma cidade feliz, com o rumo que a nossa nova administração vem imprimindo ao setor público municipal, resgatando a confiança das pessoas no futuro do nosso município”, expressou o prefeito Helder Lopes Campos Dinho (PSDB), que também não arredou o pé da festança e brincou ao lado da 1ª Dama Maria do Socorro, lideranças politicas e muitos amigos, até a madrugada.

Dinho e Socorro comemoram a virada com o cantor Amado Basylio, sobre o trio, enquanto a multidão se diverte na praça..

Em meio a vários toldos montados na Praça Ruy Barbosa,  desfilaram os shows das atrações locais e regionais, como o cantor Alex Ouro, voz nativa da cidade que vem empolgando legiões de fãs, seguido pelos convidados Amado Bazilio e Jamm Barbosa, que agitaram o chão da praça com muita musicalidade e alternância de ritmos.

A multidão ainda festeja o ano novo na praça da cidade.
Ao som do Mine Trio Explosão, o povão brincou o carnaval atrás do trio-elétrico.
Sempre sorridente, Dinho e Socorro eram abraçados pelas lideranças e o povão.
Os shows dos cantores animaram a galera festeira.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close