EconomiaFlashOportunidades, Empregos e Concursos

Leilão da Caixa oferece 90 imóveis, sendo dois de Itabeaba, com desconto de até 80% por toda Bahia

Interessados podem enviar o lance pelo site do leiloeiro oficial ou no dia do evento, que acontece em Salvador, no auditório da Faculdade Unipessoa, no Costa Azul.

Apartamento no Cabula é leiloado por R$ 166.350,00.

Noventa imóveis serão leiloados pela Caixa Econômica Federal nesta segunda-feira, 16, com descontos de até 80%. São casas, apartamentos, salas comerciais e terrenos em Salvador e no interior da Bahia. Em Itaberaba constam dois lotes 31 e 32, de duas casas situadas nas ruas Francisco Serra, 428, com 3 quartos em área de 300m²; e  Rua Sevilha, 75, Lot. Bom Viver, com 2 quartos e área de 128m². Esses imóveis foram recuperados pelo banco por falta de pagamento do financiamento.

Interessados podem enviar o lance pelo site do leiloeiro oficial ou no dia do evento, que acontece no auditório da Faculdade Unipessoa, no edifício Metrópolis Empresarial, na rua Dr. José Peroba, 275, no Costa Azul.

Uma opção de imóvel em Salvador é um apartamento no edifício Villa Fiore, no Cabula, que está avaliado em R$ 278 mil e tem lance inicial de R$ 166.350,00. Também há um lote com um apartamento no edifício Morada dos Arcos, no Imbuí, que tem lance inicial de R$ 241.700 e é avaliado em R$ 378.930,17.

Leilão também traz imóveis na RMS e interior da Bahia (Foto: Divulgação).

Uma casa de 2/4 em um condomínio fechado com piscina e infraestrutura em Lauro de Freitas também é ofertado a partir de R$ 184.700, sendo que o imóvel é avaliado em R$ 250 mil.

Quem arrematar os lotes terá que pagar 10% do valor total do lance vencedor de imediato, sendo que 5% é a comissão do leilão e 5% de sinal para a Caixa. O restante deve ser quitado em até cinco dias úteis, sendo que é possível usar o FGTS ou financiar.

Vale ressaltar que nos casos de imóveis ocupados, a desocupação será de responsabilidade do novo comprador. Fonte: CEF.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close