FlashMeio AmbienteNotícias da Chapada Diamantina

Engenheira florestal acompanha as ações do Projeto Cariangó

A enga. Adriana Guedes acompanha o planejamento do Projeto Cariangó.

As propostas de reflorestamento do Bioma Catinga, a partir das ações do Projeto Cariangó e a meta de plantio de 1.0 milhão de árvores na região do médio Paraguaçu, acaba de receber reforço técnico com a participação da jovem engenheira florestal, Adriana Guedes, recém formada pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia(UFRB). Integrante da ONG Fundação Paraguaçu, Adriana assumiu a coordenação de reflorestamento, dedicando-se ao planejamento da produção dos viveiros de mudas e das áreas de intervenção para recuperação ambiental.

A chegada da enga. Adriana Guedes ao projeto, complementará as atividades que eram realizadas pelo também engo. Florestal, Wendell Rangel, que atualmente encontra-se na Universidade Federal de Lavras (UFLA) /MG, cumprindo bolsa em curso de mestrado na área.

Novo parceiro

O popular FM da Federal associou-se ao movimento ambiental da Fundação Paraguaçu, em ato homologado pelos ambientalista Salvador Roger e Adriana Guedes.

Esta semana o projeto recebeu a adesão de novo parceiro, trata-se do proprietário rural do município de Andaraí, Florípedes Macedo Araujo, o popular FM da Federal que, em visita à sede da ONG, subescreveu a participação no Fundo BioFlorestal, cujos recursos serão direcionados para as ações de reflorestamento.  O popular FM quer viabilizar a recuperação florestal do sitio Jiboia, situado no Entroncamento de Nova Redenção, na região do povoado de Nova Vista, pertencente ao município de Andaraí. “Ouvi falar muito bem do Projeto Cariangó e me interessei em participar, para ajudar nesta grande missão de recuperação ambiental”, confessou Florípedes FM.

O associado FM da Federal recebe das mãos da enga. Adriana, as mudas para reflorestar seu sitio em Andaraí.

No mesmo dia FM da Federal visitou o viveiro do projeto no Parque de Exposição Agropecuária de Itaberaba, onde recebeu 50 mudas das espécies forrageiras Moringa e Algaroba, para plantio em seu sítio.

Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close