Home » Ecologia » Chuvas encheram as cachoeiras e rios animando o turismo na Chapada Diamantina

Chuvas encheram as cachoeiras e rios animando o turismo na Chapada Diamantina

Águas agitadas e velozes na Cachoeira das Andorinhas.
Águas agitadas e velozes na Cachoeira das Andorinhas.

A chuvas da semana passada até o domingo, no alto da Chapada Diamantina, especialmente no município de Mucugê, provocaram belos espetáculos das cachoeiras e rios que transbordaram e motivaram a visitação e o turismo ecológico na região. O belo espetáculo do canto das águas em sua animadas corredeiras, tem motivado as selfies, fotografias e vídeos dos entusiasmados turistas e moradores.

O reflexo das fortes chuvas nos alto espigões da Serra do Cincorá deu nova vida ao Rio Paraguaçu, cuja vazão cresceu nos últimos dias, superando momentaneamente a crise hídrica que já afetava seu leito.

Cachoeiras

Fotos enviadas para nossa redação, pelos guias da Associação de Condutores de Visitantes de Mucugê – ACVM, que soma 38 guias cadastrados, demonstram a força das águas em meio aos vales e precipícios vertiginosos por onde várias cachoeiras precipitam-se.

Cachoeira da Fumacinha com 100m de queda dágua.
Cachoeira da Fumacinha com 100m de queda dágua.

Os guias revelam habilidade na condução dos visitantes e ofertam orientações de segurança para os turistas nesta época das cheias, cujo risco de acidente é crescente, diante do volume das águas nas corredeiras.

Requer esforço físico para visitar as imponentes cachoeiras da região. A Cachoeira da Fumacinha é recompensado pelos seus 100 m de queda d’água unidos a uma bela trilha com cânions de até 280 m de altura, poços e cachoeiras menores. Por estar dentro do Parque Municipal, é necessário contratar um guia de turismo do município para ter acesso ao local.

Visão por cima da Cachoeira da Fumacinha.
Visão por cima da Cachoeira da Fumacinha.
Cachoeira do Funil em crescente vazão.
Cachoeira do Funil em crescente vazão.
Segundo angulo da Cachoeira do Funil.
Segundo angulo da Cachoeira do Funil.

Sobre Salvador do Paraguaçu

Salvador do Paraguaçu ou Salvador Roger Pereira de Souza, é jornalista editor fundador do periódico O Paraguaçu em circulação desde 1976. Solteiro (divorciado) é um ambientalista dedicado em defesa do Rio Paraguaçu. Para tanto criou a ONG Fundação Paraguaçu, com a qual promove o Projeto Cariangó, que tem por meta o plantio de 1.0 milhão de árvores nativas na região do médio Paraguaçu e Chapada Diamantina. O projeto conta com a participação de empreendedores, muitos voluntários e recebe apoio da Fundação Interamericana - IAF, que firmou o convênio BR-898 com a doação de U$49.0 mil dólares, em apoio a etapa inicial da meta de 1.0 milhão de árvores a serem plantadas em cinco anos. O ano inicial é 2016.

Além disso, verifique

Arraiá do Idoso abriu os festejos juninos e animou a terceira idade em Boa Vista do Tupim

O animado Arraiá dos Idosos foi a grande motivação da abertura da Festa de São …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *